Blog

Santana, Mandaqui, Tucuruvi

Santana, Mandaqui e Tucuruvi: Habitat privilegiado de São Paulo

A síndica Valquíria Giroto de França tem da janela de seu apartamento uma das vistas mais privilegiadas de São Paulo: o Parque Estadual Alberto Lófgren, botânico sueco que criou a área em 1896, até há pouco tempo denominada Horto Florestal.

Resido na zona Norte há 25 anos, uma região ímpar. O Horto, um parque relativamente pequeno, ao se fundir com a Serra da Cantareira, torna-se uma só área. Morar quase dentro do parque nos possibilita um ar mais puro, fazer caminhadas com segurança, passeios com as crianças, trilhas pela parte externa – como a da Pedra Grande, que oferece vista quase total da cidade.

Proveniente da zona Leste, Valquíria destaca duas das principais características do Norte: o verde e o jeito interiorano. Lamenta, porém, o trânsito atual e a distância com áreas de maior concentração de empregos; algo que talvez a faça mudar-se novamente, desta vez em direção à Oeste. Para a síndica Agnes da Silva André, que morava também pertinho do Horto, a mudança não foi tão radical. Há 15 anos ela vive em um condomínio na porção mais central de Santana, ao lado da estação do Metrô, de comércio, serviços e escolas. Outra moradora antiga da região, também proveniente da zona Leste, a ex-síndica Cybele Belschansky anota que a calma tipicamente interiorana desses bairros vem sendo substituída por um processo desorganizado de verticalização, o que a faz repensar o bairro que escolheu para viver.

Já a Profª Rosely Benevides Schwartz é nativa da região e preferiu ficar em Santana, mesmo com o marido trabalhando na zona Sul. “Aqui o ar é mais fresco, tem mais ventilação e iluminação, um clima mais próximo do temperado”, descreve. Ela reconhece que Santana adquiriu feição de metrópole, anda congestionada, mas arremata: “Adoro esse lugar, tomo sol dentro de casa!”. Por ora, nem pensar em se mudar.

Revista Direcional Condomínios
Ano 18 – Ed. 203 – Julho 2015
www.direcionalcondominios.com.br
Matéria: Santana, Mandaqui e Tucuruvi: Habitat privilegiado de São Paulo
Página 18

Nenhum comentário

Desculpe, o formulário de comentários está fechado.